sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Sua auto-estima



Quem possui o hábito de se enxergar é capaz de fazer uma leitura mais real acerca de si mesmo e não de encarnar a leitura dos outros sobre nós mesmos. Já notou que quase sempre, alguns de nós, somos levados a nos decifrar a partir da interpretação de um terceiro qualquer?

   
Agora, saber lidar com a opinião alheia é uma virtude para poucos. Apenas para aqueles que aprenderam a adubar o chão das convicções de seu interior.

No chão das incertezas, ficamos vulneráveis não só ao que os outros especulam, mas ao que especulo sobre mim mesmo.

E sob este prisma é que cabe a necessidade em nutrirmos opiniões convictas acerca de quem somos. Afinal a opinião, conceito e interpretação que tenho e nutro sobre mim mesmo, será meu grande aliado a me firmar nesta caminhada na vida ou meu grande incentivador ao marasmo, passividade e fracassos.

Quer alimentar sua autoconfiança?

ENTÃO COMEÇE EXERGANDO SEUS PODRES!

Cláro!

Quem quer que viva a vida e não carrega em si a percepção mínima de seu caos interior, de suas incoerências no discurso entre falar e agir, em seus pré-conceitos, em sua energia gasta em prioridades que não são fundamentais, em se ver ansioso por necessidades NÃO necessárias,  é alguém, no mínimo, refém da construção fantasiosa de um mundo que está sempre a disposição de adulá-lo.

Enquanto, ainda que veladamente, vivermos e interpretarmos a vida, nossas relações, opiniões e escolhas sob o olhar acima da média, capitaneados pela síndrome Johnny Bravo  correremos o risco eminente da dissoluçao e de perder o encanto pelo simples.


Quer alimentar sua autoconfiança?
Agente falou sobre a necessidade de enxergar nossos podres. Agora quero falar de um outro ponto fundamental, estrutural pra alimentarmos nossa auto-confiança.

Valorize seus dons, estimule o florescer de novas aptidões e talentos. Perceba aquilo que desempenha com maior desenvoltura  sem tanto embaraço, aquilo que é natural em você. Se enxergue!
Não vá procurar ser aquilo que você não é!
"Áh..mas não encontro virtude alguma em mim"
É porquê você não está se enxergando, não para pra se abrir contigo mesmo. Não dá atenção a suas intuições. Ignora seus desejos mais óbvios.
Você quer o quê? Que avanços mais vc obterá????


Vamos combinar uma coisa?

A partir de agora, nada de se enquadrar na classe dos predestinados a não avanços na vida!
Seu hoje está em como você se interpreta.

Decida se enxergar como de fato você é. De forma clara, sem lentes de aumento ou desfocadas.

Decida enxergar quem realmente você é, a fim de DISCERNIR o que de fato QUER e o que NÃO QUER.


Jackson Garcia - Psicanalista
http://psicanalistajackson.blogspot.com/
(Brasília, 28 de Janeiro de 2011, ouvindo Jazz em fim de tarde com sol)