sexta-feira, 25 de março de 2011

O que você anda semeando?

Hoje eu gostaria de pensar com você um assunto até recorrente em algumas das minhas falas...
Porquê a opinião do outro sobre você,  por vezes,  tem o poder de te desestabilizar, tirar sua paz, seu sono, sua tranquilidade? 
Opinião de quem? Sua mãe, pai, irmão, chefe, colega de trabalho...
Porquê você se permite ser seduzido  pelo que o outro pensa, opina e afirma sobre sua vida?
Eu gostaria muito que você fosse honesto com sua consciência a avaliar qual o IMPACTO da opinião do outro sobre você?
Eu não estou te vendo, mas sei que você está aí me assistindo. Então, não há porquê ter que bancar o Dr. Equilíbrio e nem a Dra. Estabilidade fazendo pose de inatingível a dizer pra sí que não está nem aí para o que o outro pensa.  Eu estou falando isso porquê alguns de nós possue a mania, e uma mania idióta (perdão pela expressão), de bancar a imagem de que não se importa com nada. Mas à prática não é nada disso!
Porque não, aproveitar e fazer um auto-exame.
Pra finalizar, eu queria deixar duas coisinhas.
PRIMEIRO:  Você não precisa da opinião do outro para SER, pra fazer, pra crescer, pra mudar.
SEGUNDO: Ninguém se torna um ser mais otimista e confiante na vida por osmose. Ninguém nasce assim.


Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário